Quando a gente é feliz..

Sabe quando a felicidade chega e tu nem te dá conta que está sorrindo sozinho para o celular? Quando tu já leu no mínimo dez vezes a mesma coisa e ainda assim não cansou? Tem coisas na vida que a gente não consegue explicar, perde a razão, perde o juízo, a vergonha na cara, mas não perde a alegria de olhar para o lado e saber como é bom estar de bem com o que tu mais desejou, ali, do teu lado, sorrindo de volta. 

De repente, as coisas começam a dar certo, o teu desejo, aquele que esperou a vida toda pra acontecer se torna realidade. Tudo fica mais bonito, quando um dia de chuva começa a ter mais graça e mesmo com o tempo fechado tu está feliz, alegre, disposto a fazer qualquer coisa. Isso tudo é resultado de quando o amor dá as caras para a tua vida. Quando os pequenos gestos são gratificantes, um abraço, um beijo na bochecha e uma mão entrelaçada fazem teu coração disparar.  

A felicidade é algo que nunca vamos conseguir demonstrar o suficiente, nem com palavras, nem com gestos, quando ela é tão grande ela toma conta e te transforma numa pessoa melhor. Tu acorda com vontade de ir trabalhar, disposto a ficar acordado até a hora que for para o que for, rí sozinho, se sente leve, calmo, tranquilo, sem ódio no coração, começa a gostar de todo mundo até das pessoas que tu nem ia com a cara.

Quando o amor encontra a gente, faz isso, transforma todas as coisas ruins e pensamentos negativos em novas oportunidades, a gente não vê problemas em nada; pegar três ônibus um trem e um avião por ti? Capaz, não vai ser cansativo não. Amor é isso, se entregar, deixar ser uma pessoa melhor, deixar que o sentimento tome conta, faz com que tu se sinta completo e realizado, te faz andar nas nuvens e acordar as 6:30 AM feliz e alegre, cantando e dançando. Tu esquece que tá chovendo, que tem que ir trabalhar, que é cedo e tu poderia ter ficado dormindo; tudo passa valer a pena, a ser bonito, com mais cor, tudo faz sentido
.

UPDATE!

Heello pessoal! Estou sempre indo e vindo não é mesmo? O blog está bem largado para as traças e eu confesso me sentir mal por isso. Penso muito em voltar, vejo que tem muitas visualizações, morro de vontades de voltar aqui mas o tempo não me deixa. Já tive milhões de ideias para cá e planos mas eu confesso que é muito difícil por em prática tudo que queremos. 

Já troquei de curso, agora sou oficialmente uma estudante de administração, em uma faculdade aqui na minha cidade, bem menor do que a Universidade que eu estudava antes, mas a rotina tem sido bem mais prática e fácil já que está tudo perto (trabalho,casa e faculdade). 


Morro de saudades do clima da Universidade, mas a nova faculdade é ótima, já fiz alguns amigos e aos poucos estou me adaptando. A rotina está bem mais fácil e isso me anima, não preciso pegar onibus e nem fazer muita locomoção! Estou adorando o curso de administração e me identifico muito com todas as cadeiras que faço! 

Tenho pensado muito no blog ultimamente e queria contar as ultimas novidades da minha vida! Estou me programando desde o inicio do ano e agora que está tudo certo já posso contar: Vou para o RJ em outubro, ficarei na casa da Millena, já falei dela aqui, viramos amigas graças aos nossos blogs, e finalmente irei conhecê-la! Irei totalmente sozinha e eu nunca fiz isso, estou com um pouco de medo, confesso!  E em dezembro irei para Buenos Aires! Minha primeira grande viagem, vai eu e uma amiga, a ansiedade vem tomando conta aos poucos, sempre foi um sonho conhecer Buenos, to muuuuuito empolgada para conhecer um país diferente!! 

Queria voltar pro blog e ando sem ideias, alguém tem alguma sugestão? Que tipo de assuntos vocês querem ver por aqui? Pensei em fazer algo bem mais pessoal mesmo e mudar um pouco o estilo do blog. 
Ah! Estou com um novo projeto que é minha loja virtual, quem quiser segue lá para conferir, ainda tem pouca coisa mas pretendo trazer muitas novidades em breve! 


Amizades que levamos pra vida


Alguém aqui já teve uma amizade virtual? Acredito que quem lida com blog, canal e essas coisas sempre tenha um. Pois bem, eu tenho uma, é a Millena Brito ela mora no RJ. Sempre marcamos de nos encontrar, sempre falamos que vamos nos ver e adivinhem só? Ela veio pro RS a alguns dias e pergunta se a vaca veio me visitar ? Não veio. Tivemos nossos motivos e desencontros para nos encontrar aqui já que a chuva foi grande e eu não conseguia sair daqui da minha cidade para ir até o aeroporto me despedir dela. A chuva só atrapalhou, ou não, o nosso encontro, já que agora tomei uma atitude de Macho e vou pro RJ sozinha ver ela.

Mas não é exatamente dela que eu quero falar, e sim, das amizades em geral. Ela é uma das poucas pessoas que eu realmente confio, ela é daquelas que se casar um dia, eu pego o primeiro voo pro RJ pra garantir minha vaga de madrinha, haha. Em compensação, tenho tantos outros amigos que moram aqui perto de mim, amizades que vão, amizades que vem. É incrível, tive amigos que a amizade durou anos, e depois, passou um tempo nunca mais nos vimos. Tenho amigos que conheço desde a pré escola, outros que conheci à oito meses e já considero tanto quanto os mais antigos.

Engraçado é pensar que todos os meus amigos fazem parte de uma fase da minha vida. Uns carrego lá do pré, outros da faculdade, outros fiz naqueles dias de bad que tu conhece a pessoa e de repente já estão intimas. Uns passaram pelas mesmas situações que eu na vida, outros também aprenderam da mesma forma que eu certas coisas, outros ainda precisam aprender muita coisa na vida. Certas vezes nos acontece algo e aprendemos com aquele erro, e as vezes eu olho para uns amigos falando certas coisas e penso: “Bah, tá errado pensar assim..” mas eu, geralmente, apenas observo; sabe por quê? Se essa pessoa não aprendeu isso, ela vai aprender, vai passar pelo mesmo que você ou algo parecido e então se tocar e mudar seu pensamento. Nunca tentei mudar meus amigos, se eu os fiz acredito que foi por algum motivo, as vezes aprendo com eles, as vezes xingo mesmo, as vezes observo e deixo a vida se encarregar de certos acontecimentos.


Por isso se você pensar em criticar algum amigo, pense, ele pode se machucar, pode se magoar com você. As vezes é preciso se afastar para não estragar aquilo que a vida uniu e tudo que já viveram. Amigos, são a família que Deus nos permite escolher. Eu ainda me lembro da primeira amiga que fiz na escola, não falo mais com ela, mas foi uma forma muito engraçada eu já cheguei conversando e tudo mais bem doida; Lembro de todos os amigos que tive na vida, os de verdade e os que nem sempre foram fiéis comigo, mas, eu guardo todos no coração com lembranças muito boas, guardar ressentimentos não é algo saudável e se você por acaso brigou com alguém que é muito amigo seu, lembre-se você pode estar perdendo momentos incríveis ao lado dele. 

Sobre mudanças e decisões da vida

             
                     
A vida é feita de escolhas, um dia a gente acha que está tudo certo, que nossas atitudes estão corretas e no outro estamos com vontade de jogar tudo pro alto, começar do zero, começar de novo. Sempre tive medo de fazer algo diferente, ou pior ainda, das pessoas me julgarem por minhas atitudes, mudar algo na vida pra mim é mais difícil do que mudar a cor do cabelo. Não sei porque a minha facilidade em mudar o cabelo é tão fácil, to afim faço, não to afim desfaço. Porque com a vida então nós somos tão cautelosos? O meu cabelo pode cair, todo mundo diz “Gabriela tu vai ficar careca” e eu não tenho medo, porque eu sei e conheço muito bem meu cabelo pra saber até onde ele aguenta.

Mas, quando se trata de mudar algo na minha vida, de desistir de alguma situação, de pessoas ou até da profissão isso me assusta muito. Sempre fico pensando: se eu desistir desse alguém eu nunca mais vou poder falar com ele sobre os nossos assuntos; se eu trocar de profissão eu posso tomar na cara e me ferrar, quando a gente desiste de sair com os amigos naquela noite e depois olha as fotos e pensa “poxa vida, tava tri legal a noite porque eu não fui?”. Mas, assim, se a pessoa não vier falar com você, azar é o dela, quem tá perdendo a companhia é ela não você; Eu posso tomar na cara se trocar de profissão mas pelo menos vou poder dizer “eu tentei”, e a festa você terá milhões de outras para estar com seus amigos. Já desisti de muita coisa na vida, já desisti do blog e hoje eu to aqui escrevendo para desabafar, ou contar as novidades pra quem ainda lê aqui (sim eu to vendo as visualizações hein gente, obrigada! <3)

E não sei se, foi o incentivo dos amigos, ou só a vontade de escrever que me fez vir aqui contar pra vocês que a partir do próximo semestre eu estou trocando de curso na faculdade. É isso mesmo, saí do jornalismo para fazer um curso que no momento, assim, de primeira, muita gente vai achar que não tem nada a ver comigo, vou fazer administração, me julguem, pode falar que é coisa de quem não sabe o que quer da vida, mas é um curso que eu também me identifico bastante. Vou trocar pois ele tem muito mais a ver com meus planos futuros. Sim, aqueles planos que envolvem ser ryca e morar em Paris, hahaha brincadeira isso é zoação.

Trocar de curso, de profissão é sempre algo muito difícil, algo que pra mim foi muito complicado a vida toda por gostar de tanta coisa ao mesmo tempo. Eu penso nessa decisão há muito tempo e só agora resolvi por em prática. Me deixa muito triste deixar os amigos do jornalismo, deixar a faculdade que eu tanto gosto e encarar um novo mundo. Mas a sensação do novo me excita muito também, me deixa animada, eu adoro mudar, apesar de muitas vezes ter medo das consequências, a vida funciona assim mesmo, e se não der certo a gente tenta, reinventa, ou simplesmente pinta o cabelo de outra cor!   


Carta para quem se foi


"Eu acredito em tudo que a vida me proporciona viver. Se alguma coisa acontece é porque algum fim ela tem. Hoje acordei em profundo estado de gratidão. A vida é mesmo muito engraçada. Mas, agora tudo faz sentido quando parei para pensar na montanha russa de sentimentos que me deixei levar. Obrigada por surgir tão de repente e ir embora como uma onda de devaneios em um momento em que minha alma já não sabia para que lado correr. Foi difícil te ver partir, mas foi mais fácil ainda saber que você se foi para eu me sentir mais aliviada, afinal, tudo acontece por uma causa maior. Obrigada por me libertar, e me fazer aprender o quão difícil é a vida e que sem esses acontecimentos cotidianos eu não seria a pessoa que sou hoje.

Amadureci o suficiente para aprender que sei me cuidar sozinha, que sou total independente e que você veio pra me fazer voar mais longe e atingir novos objetivos. Desculpa ser assim tão rude, mas prefiro me distanciar, ficar longe, não passar perto, vai ser melhor assim. O sentimento vai se esquecendo e ficando longe; não me julgue se for mal educada, é meu jeito mesmo com pessoas que não merecem o meu bom humor diário. Me acordo todos os dias com a certeza de que serei feliz por mim. Sou capaz de alcançar coisas novas sozinha. Desculpa se não me despedi da melhor forma, se não fui capaz de dizer tudo que penso, mas na verdade a culpa é sua por não ter me dado abertura. Viva para si que a vida te recompensará."
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...